Dicas para um bom texto publicitário | Parte V

Parte V de VII
Dicas para um bom texto publicitário é uma colaboração do Zeca Martins.

Nada de preguiça.
O publicitário, particularmente aquele que trabalha em Criação, é sobretudo um artesão. Por isso, fazer um bom texto publicitário também é buscar a perfeição. Tá, raras vezes isso é possível, porque o Atendimento e o cliente não saem mesmo do pé, ficam enchendo o saco, querem tudo para ontem etc. Mas, quando dá, é seu dever de redator brincar com o texto até a beira do esgotamento. Pesquise, vá à biblioteca mais próxima, vá à Internet, procure literatura e referências sobre o tema. Escreva e reescreva o anúncio mil vezes, troque palavras, experimente sonoridades, mude as abordagens, tente o humor, tente o sentimentalismo, tente o apelo à razão, tente ideias antagônicas, tente o escambau… pois sabe-se lá qual poderá ser o resultado. Tire a primeira frase, se não fizer diferença, é porque ela estava a mais; continue fazendo o mesmo com as demais frases. Faça isso também com algumas palavras, e preste muita atenção aos vícios de linguagem, coisas como ‘vai estar fazendo’ em lugar de um simples ‘fará’, ou ‘temos a certeza’ em vez de ‘temos certeza’.
E, para matar a pau, enxugue ao máximo textos e ideias, porque a síntese na sua comunicação é o pulo do gato da Propaganda eficaz.
Invente!
O bom texto publicitário deve, enfim, ser trabalhado como se trabalha na confecção de um mosaico, unindo peças (as palavras) as mais variadas para obter um resultado surpreendente. Eis mais uma razão para se esforçar continuamente no desenvolvimento de um bom vocabulário, coisa que se obtém, nunca é demais lembrar, pelo exercício constante da leitura de todos os gêneros literários e de tudo que possa estar ao seu alcance.
Uma coisa eu garanto: o texto que nascer depois de muita transpiração do redator será, certamente, um ótimo texto publicitário.

Trecho extraído do livro PROPAGANDA É ISSO AÍ! Clique para conhecer o livro.


Publicado: 14 dezembro 2010
Compartilhe:
 
 

Comentários via Facebook

3 Comentários via blog

  1. Vinícius Nunes
    15. dezembro 2010 um 08:46

    Nota 10 para os livros do Zeca Martins,
    cada página é um dia que passamos numa agência.

    Parabéns Zeca Martins.

  2. taynara
    24. outubro 2011 um 14:09

    era disso q eu prscisava mto obrigado…vcs sao mto bons…parabens…

  3. Matheus Martins
    4. novembro 2011 um 15:34

    A parte boa é que o texto é ótimo. A parte ruim é que vou ter que terminar logo o Propaganda de A a Z pra ler Propaganda é Isso aí. rs

Comentar via blog

Security Code:

podcast do putasacada
Titulum Ipsum
calcule o tempo de leitura
contador de caracteres
Facebook Putasacada