You need an enemy | Cannes 2013

you-need-enemy-cannes

You need an enemy foi o título da palestra realizada por Pete Favat, CCO da Arnold Worldwide, e Shepard Fairey, artista contemporâneo.

O tema propõe que toda grande história precisa do herói e do vilão, como a dupla Luke Skaywalker e Darth Vader. Sem vilão o herói não tem sentido. A mesma regra vale para as marcas. Com a presença do vilão a marca precisa competir melhor, apostar na criatividade e sair para a luta.

Mas o que a redação publicitária tem a ver com esse papo de inimigo? Simples. Finding a brand’s enemy is a key part of the strategic and creative process. Ou seja, encontrar o inimigo do seu cliente pode ajudá-lo a criar um conceito, um anúncio ou um filme. Enfim, ajuda a ter uma boa ideia.

Confira na prática alguns exemplos e veja como tudo faz sentido.

justdoit
Inimigo: preguiça, ficar parado e falta de vontade.

obama
Inimigo: o governo Bush, que deixou os americanos sem esperança.

truth-cannes
Inimigo: a mentira. Esta campanha chama The Truth.
http://infect-truth.com

thinkdifferent-logo
apple-cannes-truth
Inimigo: a Microsoft e sua falta de novidades e tecnologias.

Fica a dica para quando o seu brainstorm travar. Pergunte Who is our enemy?


Publicado: 16 junho 2013
Compartilhe:
 
 

Comentários via Facebook

2 Comentários via blog

  1. Jéssica
    16. junho 2013 um 21:30

    Muito boa essa dica! Saber que desafio sua propaganda deve superar é um bom caminho para começar a pensar :)

  2. Rodrigo
    16. junho 2013 um 21:51

    Massa.

Comentar via blog

Security Code:

podcast do putasacada
calcule o tempo de leitura
contador de caracteres
Facebook Putasacada