De ontem para hoje a redação mudou?

O quanto mudou a forma de escrever propaganda de ontem para hoje? Os anúncios abaixo são de 1976 e 1977, leia e compare com outras propagandas impressas que foram publicadas no blog ou que você viu em outro lugar. Então responda, mudou? Tire suas conclusões, mas lembre-se que estamos falando da redação e não da direção de arte.

Agência: Almap
Redator: Alcides Fidalgo

Agência: JWT
Redator: Alberto Djinishian / Hans Dammann

Agência: Gang
Redator: Paulo Ghirotti

Agência: MPM/Casabranca-Rio
Redator: Gilberto dos Reis

Duas conclusões minhas: hoje não há tanto espaço para argumentos e o conceito é mais valorizado, muitas vezes vira o próprio título.


Publicado: 29 julho 2008
Compartilhe:
 
 

Comentários via Facebook

3 Comentários via blog

  1. juliano santana
    1. agosto 2008 um 19:43

    Essa peça do Rio de Janeiro, Fevereiro.. tá quase um Desencannes.
    rsrs

  2. Talles Cerizza
    4. maio 2016 um 07:25

    Talles Eduardo Nazar Cerizza · Unifran
    Caros amigos,
    estou em busca do texto “Não existe terra cansada onde existir um homem que acredite nela”. Pela foto acima não consigo lê-lo na íntegra. Preciso dele para desenvolver um trabalho na escola. Outra pedido: há muito anos atrás vi a mesma frase em um quadro com imagem semelhante a esta mas que, se não me falhe a memória, foi feita do alto. Se alguém a tiver, poderia me enviar?
    Att,
    tallescerizza@msn.com

  3. Tiago Moraes
    4. maio 2016 um 09:48

    Olá, Talles. Você deve verificar se esse anúncio entrou no anuário do Clube de Criação de São Paulo. Se ele entrou… deve achar o anuário impresso para ler o texto. Na internet vai ser dificil mesmo! Abs,

Comentar via blog

Security Code:

podcast do putasacada
calcule o tempo de leitura
contador de caracteres
Facebook Putasacada