RSSFacebookTwitterYouTube

Monatsarchiv für julho 2008

 
 

McDonald’s Fresh Salads | Leo Burnett Chicago

Depois do outdoor sundial - um relógio de sol feito para ser um cardápio do McDonald’s - a Leo Burnet de Chicago criou a placa Fresh Salads, desta vez o outdoor é literalmente uma planatação de alface, vale a pena ver.

Abaixo, um trecho da entrevista com os criadores desta campanha no qual eles falam sobre criatividade e relacionamento com a marca. Caso queira ver a entevista completa e o vídeo do outdoor brotando clique aqui.

Vince Cook - Creativity is everything. Today, the challenge is no longer about creating awareness; we use creativity to empower people to build an emotional relationship with brands. Through creativity, we create content that is interesting, interactive, useful and, above all, entertaining.”

De ontem para hoje a redação mudou?

O quanto mudou a forma de escrever propaganda de ontem para hoje? Os anúncios abaixo são de 1976 e 1977, leia e compare com outras propagandas impressas que foram publicadas no blog ou que você viu em outro lugar. Então responda, mudou? Tire suas conclusões, mas lembre-se que estamos falando da redação e não da direção de arte.

Agência: Almap
Redator: Alcides Fidalgo

Agência: JWT
Redator: Alberto Djinishian / Hans Dammann

Agência: Gang
Redator: Paulo Ghirotti

Agência: MPM/Casabranca-Rio
Redator: Gilberto dos Reis

Duas conclusões minhas: hoje não há tanto espaço para argumentos e o conceito é mais valorizado, muitas vezes vira o próprio título.

Todo Dia Natura | Roteiro e Poesia

Faz tempo que procuro esta campanha para postar no blog, pois há meses publico apenas campanhas impressas fazendo com que ótimas redações e roteiros para TV ficassem de fora.

Este comercial, entre os recentes, é um dos meus preferidos pelo ritimo poético do texto presente no vídeo e citato pelo Claudinei Júnior na casadogalo.com. Ótimo texto, lembra muito a semana da W/Brasil criado para a revista Época.

Agência: Taterka
Conceito criado: Toda rotina tem sua beleza, descubra a sua.

MINE | Y&R Beirut

O bom e velho trocadilho que, mesmo fora de moda, ainda salva a vida de muitos redatores. Neste caso ficou ótimo.


Vale o recado: pense 5 vezes antes de usar um trocadilho e, se não ficar igual a campanha acima, mude de idéia.

Criação: Y&R Beirut

40 anos da DPZ | Clientes e DPZ

Em sua homenagem, a DPZ criou uma campanha que fez jus ao seus 40 anos de existência, destaque para site com as histórias que aconteceram ao longo desses 40 anos. Para quem ainda não viu, o post de hoje mostra os anúncios impressos criados pelos clientes juntamente com a agência para homenagear a DPZ. A redação é uma simples conversa telefônica, um bate-papo de agência com cliente. Diferente né, ainda não tinha visto nada igual.

Por ser uma campanha sequencial, antes de mais nada, leia o primeiro anúncio (logo abaixo) para que os demais faça sentido.





Ford | JWT

Alltype criado pela JWT para a Ford, uma maneira de passar simples o recado. Bom título.

Criação: Sthefan Ko e Luiz Filipin
Direção de criação: Fábio Brandão e Theo Rocha


3° Encontro de Redação Publicitária | Quê RJ

Notícias e posts sobre o 3° Encontro de Redação Publicitária não faltam, por isso não adianta eu repetir que o encontro será ótimo para a carreira de cada um pois, isto você já sabe, mas uma das melhores coisas do encontro, a campanha, começou com o pé direito, sendo o evento de redação, no mínimo o título tinha que ser engraçado e, seguindo o mesmo tema, porque não brincar com a figura do diretor de arte. Veja e comente, alguem vai no encontro?




Criação da carioca Quê comunicação.

Workshop de Redação Criativa | 19 e 20 de julho

Para quem não estava sabendo ou não fez a inscrição aqui vai um aviso: ainda dá tempo. Caso tenha a oportunidade de fazer este curso não perca e se fizer mande um e-mail contando como foi, juro que publicarei no blog. Abaixo nota publicada no ccsp.com.br com as informações do curso.

__________________________________________________________

Henrique Szklo, o Carneiro, professor de Criatividade da Escola Panamericana de Arte e Design, promoverá mais um workshop de redação criativa, a “Oficina do Diabo“, nos dias 19 e 20 de julho, das 09h30 às 18h30. O curso acontecerá no Espaço Univoz, próximo à estação Paraíso do Metrô, em São Paulo.

Os leitores do Clubeonline têm direito a 10% de desconto, mesmo para pagamento em 3 vezes, e sócios do CCSP (Clube de Criação de São Paulo) têm 20% de desconto (à vista).

Inscrições pelo link: www.academiadecriatividade.com.br/clube.htm.

Outras informações pelo e-mail info@academiadecriatividade.com.br.

____________________________________________________________________

travelplanet24.com | The Syndicate - Grécia

Mais um exemplo de título com perguntas, porém, lembre-se que ao perguntar deixe a resposta na ponta da lingua do seu publico, ou seja, evite gerar dúvidas com a pergunta, a não ser que seu objetivo seja este. No caso da campanha abaixo a resposta para a pergunta é sim.

Ótimo título, confira.

Diretor de arte: Socrates Karamanidis
Redator: Nikos Pechlivanidis

Nissan | Lew’Lara

Pior que é verdade, quem vai discutir design com um povo que desenha até na hora de escrever. Título bom é assim, possui raciocínio lógico e, na medida do possível, é engraçado. É claro que isto não é uma regra, mas que gera uma ótima lembrança do produto para a marca não há o que discutir.

Criação da agência Lew’Lara\TBWA

Se escrever bem bastasse | Frase do dia

Nunca escrevi pensamentos ou frases minhas no blog, mas nesta sexta-feira publicarei uma para reflexão de todos.

“Se escrever bem bastasse, Professor Pasquale teria vários leões em Cannes.”

Itaú | Washington Olivetto DPZ

No tempo em que alltypes predominavam, qualquer anúncio de Washington Olivetto era uma aula de redação. Sendo assim, aproveito o feriado de ontem e este anúncio de 1985, cujo mote é feriado, para a aula de hoje, mestrada pelo próprio Olivetto na época da DPZ.

É claro que não farei nenhum comentário sobre o título.

Redator: Washington Olivetto
Direção de criação: Washington Olivetto
Agência: DPZ

Voltaire Peugeot | Artplan

Faz tempo que não posto uma campanha na qual o título tem a capacidade de causar inveja, prova disto é que há meses não chamo um anúncio de uma puta sacada.

Deixando o ponto de vista pessoal de lado, esta propaganda é uma lição de redação publicitária. Criada em 2004 pela Artplan para a concessionária Voltaire da Peugeot, basta ver a foto e o pequeno título para entender toda a mensagem, um bom exemplo de briefing tranformado em título, ou melhor, em duas linhas.

Para terminar este post vou repetir o velho e bom clichê: campanha é simples e genial.

Eugênio Mohallem Facts

Se você ainda não viu, veja.

Parecido com os fatos feitos sobre o Chuck Norris que circulou pela internet algum tempo atrás e que acabou virando comercial para o GOL. Se você também admira o trabalho de Mohallem vai se divertir lendo os seus “facts”. A lista abaixo é uma seleção dos mais interessantes, para ver a versão completa clique aqui.

____________________________________________________________

Eugênio Mohallem não escreve splash para anúncio de ofertas. Mas, se fizesse, ganharia um leão em Cannes com um título “Carnaval de ofertas”.

Uma vez, Mohallem escreveu 37 títulos utilizando apenas a palavra oferta.

O Clube de Criação de São Paulo edita anualmente dois anuários. O tradicional, e o backup do HD de Eugênio Mohallem.

Nos anos 70, Mohallem fez um anúncio de classificados com o texto “Vende-se apartamento novo na praia”. Foi a origem da colonização da Barra.

Eugênio Mohallem criou o Google para encontrar mais facilmente os títulos que escrevia.

O cliente não só aprova de primeira os anuncios de Mohallem. Ele também pede para ver as idéias recusadas, e aumenta a verba para publicar tudo.

Os clientes sempre pedem para diminuir a marca, para dar mais espaço para o título.

Antes de dormir, Mohallem conta leões.

A matéria especial da Advertising Age contando como vai ser o mercado daqui a 20 anos conta o que Mohallem fez no ano passado.

Na Fallon, não dá tempo de Mohallem escrever folders. Por isso, ainda não fizeram o Folder Lions.

Mohallem parou de escrever post its para não ganhar mais prêmios por mídia alternativa.

Ele consegue digitar 4 títulos antes que um atendimento consiga digitar a palavra briefing.

____________________________________________________________

Indicado pelo leitor Breno

Rede Record | Babel

Criado pela agência Babel, este alltype transforma a má fase da seleção brasileira em título. Tem hora que quanto mais sutil a piada, mais engraçada ela fica.

podcast do putasacada
calcule o tempo de leitura
contador de caracteres